Mesmo nesta era de banda larga massificada, não há nada que me irrite mais, como utilizador, do que esperar dois ou três segundos que um site abra. Sobretudo, quando o que falta vir é o CSS da página, por exemplo, ou imagens sem tamanho definido que rebentam com o layout.

Como tal, dedico bastante tempo a melhorar a performance dos sites que desenvolvo. Na realidade, já não dedico assim tanto tempo, visto que entretanto o processo foi agilizado de tal forma que apenas dois ou três parâmetros têm que ser ajustados caso a caso.

As duas ferramentas absolutamente imprescindíveis para este trabalho são extensões para a extensão Firebug do Firefox (sim, extensões para a extensão), o YSlow da Yahoo e o Page Speed da Google. A maioria das regras são comuns a ambos, algumas novas, outras com parâmetros de avaliação diferentes. O ideal é obter uma pontuação o mais próxima de 100 possível. Os resultados do DreamsInCode são os seguintes:

YSlow, 97 pontos

 PageSpeed, 94 pontos

Como podem ver, as pontuações são bastante razoáveis. Como termo de comparação, e só para ver como os principais responsáveis pelas ferramentas se safam nas suas próprias pontuações, o Google.com (apenas pesquisa, isto é, não é o iGoogle) saca 91 pontos no YSlow e 90 pontos no Page Speed; o Yahoo.com tira apenas 76 pontos no YSlow e 86 no Page Speed. Isto acaba por ser compreensível, visto que o Yahoo é um portal, enquanto que o Google tem pouco mais que uma caixa de pesquisa e o logótipo. Já agora, o nosso Sapo.pt, aqui analisado na qualidade de portal mais visitado da nossa web, fica-se pelos 55 pontos no YSlow e pelos 81 no Page Speed. Bad frog, bad! De salientar que as pontuações podem variar alguns pontos, dependendo se os testes são feitos com a cache limpa ou não, por exemplo.

Alguns dos pontos são simples e básicos para qualquer webdev que não tenha começado ontem, como por exemplo, não duplicar CSS e JavaScript, servi-los exteriormente à página, ter o CSS no head da página… Coisinhas triviais. Outras, como, por exemplo, servir conteúdo estático de um domínio sem cookies ou servir os conteúdos em gzip já implicam mais trabalho e melhor compreensão do funcionamento da coisa. É a sobre esses pontos que colocarei algumas postas nos próximos dias.

Partilhar no Sapo Links Partilhar no del.icio.us Partilhar no Digg Partilhar no Twitter Partilhar no StumbleUpon Partilhar no MySpace Partilhar no Facebook

Comentários Deixar um comentário

 Categorias
 Arquivo
 Projectos em Destaque
 Últimas Postas no Blog
 Últimos Comentários do Blog