A comida era uma queixa habitual em vocês-sabem-o-quê e, nesta nova iteração, não foi excepção. Imensa gente a queixar-se da comida, e a senha e contra-senha “o que é a comida? noodles” tornou-se uma espécie de inside joke.

Habitualmente não me queixo da comida. Primeiro, porque é à borla, e to horse given, one doesn't look at the teeth. Segundo, porque normalmente é hambúrgueres e pizza, que eu como com afinco. Em terceiro porque, não sendo muito, também nunca passei fome.

Até este ano.

Reparem, foi inteiramente culpa minha com, talvez, um cheirinho de sub-dimensionamento por parte da organização e alguma imposição por parte de um parceiro em particular.

Eu nunca tinha comido noodles, mas a Rosana tinha-me garantido que a coisa era boa, pelo que avancei confiante ao almoço do primeiro dia e, efectivamente, a coisa até é jeitosa. Agora… para um almoço, parece-me que não puxa grande carroça. Afinal, aquilo é praticamente só massa (ah, e tal, hidratos de carbono – screw you, quero carne!). Mas pronto, experimentou-se, é porreiro. Fixe para ter em casa e comer no sofá durante maratonas de Mr. Robot. Ok, no sofá não, que aquilo respinga por todos os lados. Mas em casa, ao fim da noite, enrolado numa manta.

No segundo dia, e por força de ter a minha talk às 14, optei por almoçar só depois. Só que o “depois”, com a talk e as pessoas que quiseram ficar a conversar comigo, foi só já depois das 16. Quando cheguei lá acima, onde imaginei alguns hambúrgueres à minha espera… já só havia noodles. Passei a coisa e comi umas bolachas que tinham sobrado do pequeno-almoço. No último dia ao almoço, noodles outra vez. Voltei a passar e comi mais bolachas.

Outras coisas que costumavam haver com abundância no vocês-sabem-o-quê eram barras de cereais e fruta, em especial maçãs – que é substituto muito competente para o café e Red Bull. Este ano, nada.

A malta compreende que o investidor é novo nestas andanças, e que se calhar não está disposto a enterrar já uma pipa de massa sem perceber como é que isto funciona e que vantagens é que tem um evento destes. Mas a paparoca… é preciso rever.

Partilhar no Sapo Links Partilhar no del.icio.us Partilhar no Digg Partilhar no Twitter Partilhar no StumbleUpon Partilhar no MySpace Partilhar no Facebook

Comentários Deixar um comentário

 Categorias
 Arquivo
 Projectos em Destaque
 Últimas Postas no Blog
 Últimos Comentários do Blog